Loading...

E "prontos"!

Fiz birra e também criei um blog.

quarta-feira, 24 de agosto de 2011

A Louca II

A louca faz tantas perguntas ao tempo, porque não entende o tempo. O tempo que passou e que não aproveitou, o tempo que corre agora e que é "tão pouco bom" e o tempo que está para vir que não augura nada de bom.

segunda-feira, 22 de agosto de 2011

Saudades

Hoje bateu-me a saudade!
Não sei porquê hoje em especial, mas a verdade é que as saudades hoje estão especialmente dolorosas.
Tenho saudades da vossa força, dos vossos conselhos, dos vossos carinhos, da vossa presença das vossas palavras sábias.
E as saudades que eu continuo a ter das tuas mãos, mãe? Se fizesses ideia, de como tenho saudades das tuas mãos fortes e meigas, dos teus braços sempre abertos para aquele abraço reconfortante.
E de ti pai, tenho tantas saudades de ti, da tua meiguice, da lágrima ao canto do olho sempre que me reencontravas e aos teus netos, que tentavas disfarçar. Ainda não entendi porque fizeste o que fizeste, mas pelo menos já aceitei.
E tu mãe que não chegaste a conhecer o teu neto. Mas ele conhece-te. Porque apesar de só ter três anos, quando me pergunta quem é aquela senhora bonita na fotografia, eu faço questão de lhe dizer quem és. Ias adorá-lo, se o conhecesses, está naquela fase traquina que tu adoravas nos miúdos.
A vossa menina, vossa neta, não precisa que lhe construam as memórias, ela tem-vos sempre presente. Fala imensas vezes dos dois, sempre com carinho, sempre com saudades.
E hoje, não sei porquê eu não consigo conter as lágrimas, hoje acordei com vontade de vos abraçar, de me aninhar no vosso colo, e não posso...

quarta-feira, 3 de agosto de 2011

A LOUCA

O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e o tempo responde ao tempo que o tempo tem tanto tempo como tempo o tempo tem. O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e o tempo responde ao tempo que o tempo tem tanto tempo como tempo o tempo tem. O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e o tempo responde ao tempo que o tempo tem tanto tempo como tempo o tempo... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e o tempo responde ao tempo que o tempo tem tanto tempo como tempo o... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e o tempo responde ao tempo que o tempo tem tanto tempo como tempo... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e o tempo responde ao tempo que o tempo tem tanto tempo como... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e o tempo responde ao tempo que o tempo tem tanto tempo... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e o tempo responde ao tempo que o tempo tem tanto... O tempo tem tanto tempo como tempo o tempo tem e o tempo responde ao tempo que o tempo tem... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e o tempo responde ao tempo que o tempo... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e o tempo responde ao tempo que o... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e o tempo responde ao tempo que... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e o tempo responde ao tempo... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e o tempo responde ao... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e o tempo responde ... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e o tempo... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e o... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem e ... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo tem... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o tempo... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo o... O tempo pergunta ao tempo quanto tempo... O tempo pergunta ao tempo quanto... O tempo pergunta ao tempo... O tempo pergunta ao... O tempo pergunta... O tempo... O...

terça-feira, 2 de agosto de 2011

Queria poder dizer-te que tudo ficou bem, sem mágoas, sem feridas...
Mas não posso porque a dor ainda cá mora e as feridas por vezes reabrem.
Queria poder dizer-te que apaguei tudo o que se passou...
Mas não posso porque ainda não aprendi a apagar selectivamente e se um dia apagar o que se passou apago também o que foi bom e depois não haverá recomeço.
Queria poder dizer-te que já não te amo...
Mas não posso porque o amor continua cá, mais frágil, menos importante, mas continua cá.
Posso apenas dizer-te que estou a tentar e isso é tudo o que tenho, neste momento, para te dar.