Loading...

E "prontos"!

Fiz birra e também criei um blog.

segunda-feira, 21 de março de 2011

Á RASCA

Gosto muito desta nova "Geração à Rasca".
È uma moda não é? Fica bem dizer que se pertence a esta geração, e ir a manifestações e juntar pessoas de todas as idades por uma causa e isto e aquilo...
Mas esta gente que se intitula à rasca, pelo menos os exemplos que eu tenho visto não sabe muito bem o que é estar à rasca.
Estar à rasca é ter um ordenado que se pensava razoável mas que se começa a receber a prestações.
Estar à rasca é estar separada com dois filhos pequenos, pagar as contas e comprar comida no inicio do mês e chegar a dia 15 e não ter um tostão e ter que pedir emprestado para comprar leite, iogurtes e fruta para os miúdos.
Estar á rasca é estar gravemente doente e ter que adiar os exames médicos porque são demasiado caros e este mês o dinheiro não chega.
É não poder tirar baixa, mesmo indo trabalhar cheia de dores, porque se se ficar de baixa o dinheiro a receber é uma miséria.
Estar à rasca é ter 50 cêntimos na carteira e 5 euros na conta, e já não ter pai nem mãe que nos possa ajudar, e ter pão e leite para comprar.
Isso é estar á rasca.
E quem está realmente tão à rasca não foi á manifestação porque teve que arranjar um part-time nada qualificado para poder ficar um nadinha menos à rasca.
Sabem o que vos digo, e desculpem lá a sinceridade:
Vão se foder "Geração à rasca"!!!

quarta-feira, 9 de março de 2011

Muito bem Sra. D. Morte, fez muito bem em adiar a sua visita.
Quanto a si Sra. D. Doença Grave, não me leve a mal, mas vamos tentar que a nossa relação seja o menos intima possível. Está bem, já me convenci que vou ter que conviver consigo durante algum tempo, mas espero que por pouco tempo e não quero cá intimidades.
Muito honestamente, espero que desapareça da minha vida o mais rápido possível.
Estamos combinadas?